sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Divulgue seu Terreiro, Loja ou Escola de Curimba em nosso aplicativo e em nosso site

Enviar e-mail para - rodrigo_pernny@hotmail.com

Umbanda está nas Atitudes Simples da Vida!!!






por- Rodrigo Correia dos Santos - médium, sacerdote umbandista, ogan e adm. do site tamboresdeorunmila.

A umbanda se encontra nas atitudes simples da vida, não precisa de curso, doutorados e nenhuma formação, basta apenas ter a humildade, respeito e amor ao próximo independente de cor, religião, posição social... Basta apenas saber que todos somos irmão e que nossa passagem pela terra, é para ajudarmos outras pessoas seja ela mais vivida ou menos vivida.
Essa animação espanhola mostra bem como podemos encorporar em nossa vidas a Umbanda e pratica-las com amor, objetividade, humildade e muito outras coisa que a Umbanda Sagrada representa.
Um simples gesto por mais simples que possa parecer pode mudar uma vida, um estado de espírito e conforta-lo para encarar até mesmo o desencarne com mais naturalidade e tranquilidade.

video

terça-feira, 26 de agosto de 2014

10º- Prêmio Atabaque de Ouro 2014


GOMA-LACA - Afrobasilidades em 78 RPM

fonte: www.goma-laca.com.br

Uma riquíssima pesquisa pela história do Candomblé onde reinvenções dos temas cânticos sagrados que eram cantados dentro das rodas de Candomblé, fez surgir o disco GOMA-LACA.
Com a direção musical e arranjos Letieres Leite e com participações de Karina Buhr, Lucas Santtana, Russo Passapusso e Juçara Marçal tornaram os cânticos em forma jazzístico sobre ritmo afrobaiano. O site disponibiliza download gratuito do disco, vale a pena baixar e curtir!
Muito Bom...


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Conhecimento é tudo!

por - Rodrigo Correia dos Santos - médium, sacerdote umbandista, ogan e adm.do site tamboresdeorunmila.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Ato de Repúdio à Intolerância Religiosa - 24/Agosto - Praça da Sé


Exposição Ibaré Lewá - Centro Cultural Vergueiro - São Paulo

por - Rodrigo Correia dos Santos - médium, sacerdote umbandista, ogan e adm.do site tamboresdeorunila.

Fomos conferir hoje a exposição Ibaré Lewá no Centro Cultural Vergueiro na Liberdade, n.1000, estão quadros dos Orixás retratados por modelos, que foram fotografadas por Claire Jean, Erica Azeviche, Gabriel Nascimbeni e Guilherme Godoy, entre os quadros estão Oxóssi, Ossaim, Oxum, Obá, Ogum, Obaluaê entre outros do panteão africano.
                                       Orixá Ossaim                                        Orixá Oxum

Trás também apetrechos que são utilizados na Casa de Candomblé, como atabaques, adjás, louças para assentamento dos Orixás, roupas e uma pequena Horta.
O Candomblé é conhecido por dominar 21 formas de manipular uma ervar, são os maiores dentro das religiões afro-brasileira.

E tem um vídeo com modelos representando a Danças dos Orixás, vale a pena conferir, a exposição vai até o dia 31/08/2014 no Centro Cultural Vergueiro, n.1000 - Liberdade - São Paulo.

Quer ter sua Casa, Terreiro ou sua Loja de Artigos Religioso no aplicativo do Tambores de Orunmilá?





Você agora pode ter sua Casa, Terreiro ou Escola de Curimba ou sua Loja de Artigos Religoso no aplicativo do Tambores, entre em contato nesse e-mail - rodrigo_pernny@hotmail.com para obter mais informações.



domingo, 17 de agosto de 2014

Nova Plataforma - Primeira versão disponível do Aplicativo do Tambores de Orunmilá para Celular.

Projeto de Criação e Desenvolvimento do Aplicativo para android do Tambores de Orunmilá por - Rodrigo Correia dos Santos.

Depois de muitas pequisas e forma de realizar ficou pronta a mais nova plataforma de comunicação e de ensino umbandista.
Criamos um aplicativo para baixar no celular informações sobre a Umbanda Sagrada, estou disponibilizando a primeira versão teste do aplicativo

Procedimentos para baixar o Aplicativo

No seu celular android entrar no google e irá digitar no URL o seguinte endereço: http:/app.vc/tambores_de_orunmila que automaticamente abrirá a tela para o download do aplicativo.
Ou pode utilizar o aplicativo QR CODE para baixar mais facilmente.


Peço que mandem sugestões para juntos melhorarmos ainda mais essa nova plataforma de divulgação da Umbanda Sagrada e o Blog Tambores de Orunmilá.

"Obrigados... a todos que depositam sua confiança e que visitam o Blog buscando conhecer ainda mais as religiões de matrizes Africanas, agradeço também a todas as pessoas que entram em contanto deixando seus comentários e sugestões, isso incentiva ainda mais a divulgar a nossa amada Umbanda Sagrada."

"O Preconceito só vai ser vencido através da educação e da humildade, de saber entender a fundo as religiões, para que  juntos possamos estimular a fé e desenvolver assim uma sociedade melhor para todos nos..."
Rodrigo Correia dos Santos 

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Agosto - Mês Comemorativo do Orixá Obaluaê - Omulu

por- Rodrigo Correia dos Santos - médium, sacerdote umbandista, ogan e adm. do site tamboresdeournmila.

Entramos no mês de Agosto reinado por Obaluaê e Omulu, muitos médiuns têm dificuldades de identificar a vibração desses dois Orixás, e muitas vezes pensam que estão encorporando um, mas na verdade estão com outro.
Obaluaê é responsável pela "transmutação" da vida, de modificar algo que está lhe prejudicando e também o Orixá junto com Omulu que atua diretamente no campo da saúde, tirando e combatendo todas as formas de doenças e energias negativas e maléficas.
Filho de Nanã Buruke e Oxalá, sua diversas lendas contam que Obaluaê nasceu com o corpo cheio de Chagas, sua exposição a luz fazia com que sua pele pipouca-se como milho de pipoca, por esse motivo ofertamos pipoca para Obaluaê e para Omulu. 
Nãnã rejeitando o próprio filho cheio de chagas, colocou ele na praia para que a onda o mata-se, mais Iemanjá vendo a pobre criança desamparada resolveu criar Obaluaê, sua roupa foi um presente de Ogum, por onde Obaluaê passava os vilarejos tinham medo dele por dizerem que ele trazia as doenças, certo dia Obaluaê curou um rei a pedido de Oxalá, a população vendo a cura do rei, todos passaram a respeita-lo até mesmo IKU (morte). Sua ferramenta é o Xarará, um bastão feito de palha da costa que é seu principal elemento de trabalho junto com os búzios (odus).
Obaluaê rege o sexto Trono da Evolução junto com Nanã Buruke, suas cores são a Branca e Preto, velas utilizadas são a branca e as bicolores Branca/Preta seu campo de força é o cruzeiro, a calunga maior (praia).
Omulu é a forma do Obaluaê mais velha, uma característica marcante de sua encorporação são os médiuns receberem esse Orixá curvados e um pouco abaixado, suas cores são o Vermelho/  Branco e Preto, velas utilizada são a branca, bicolor Branca/Preta ou Roxa seu campo de força é praticamente igual o de Obaluaê sua ferramenta também é o Xarará.
Omulu rege o sétimo Trono da Geração junto com Iemanjá, sua atuação nesse trono é de estabilizar tudo que é gerado por Iemanjá.
Uma curiosidade sobre o brajá de Obaluaê e o de Omulu são as cabaças penduradas que representam todo o mistério da vida,e elas são feitos com búzios brancos abertos, elementos que os dois Orixás reinam.
O dia da semana para ofertar oferendas, fazer pedidos e agradecimentos são todas as segundas-feiras no cruzeiro na calunga menor (cemitério) ou se, tiver disponibilidade pode ofertar na calunga maior (praia).

PONTO DE RAIZ - PAI OBALUAÊ


Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaê,
Se você está doente, um grito com frio e com dor...
Com pipoca e dendê, muita gente ele curou.
Se você está cansado... E não pode mais suportar,
Peça proteção à ele, que ele vai lhe ajudar Obaluaêe...
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaê,
Tenho o segredo da vida, do início e do fim,
Oh!... Meu senhor das palhas, tenha muita dó de mim...
Na procissão das almas, que partem pro infinito,
Ele vai mostrando a elas um mundo mais bonito Obaluaêe...
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)

PONTO DE RAIZ - PAI OMULU

Ah!... Senhor das almas, não me deixe andar sozinho...
Toma conta dos inimigos, abri os meus caminhos... (BIS)
Se eu sou filho de Omulu, meu Pai!
Meu Pai é Santo (BIS)
Santo do meu axé... Santo do meu elegda... (BIS)

Fórum Religioso em São Bernado do Campo


terça-feira, 12 de agosto de 2014

Qual o Nome do Seu Terreiro?

por - Alexandre Cumino, médium, sacerdote umbandista, escritor e dirigente do Colégio Pena Branca.

Tenho acompanhando junto a Sandra Santos, Presidente da A.U.E.E.S.P, muitos casos de Templos (Tendas, Centros, Terreiros) que têm o mesmo nome.
Enquanto o Templo não tem registro no cartório, não existe legalmente e então parece que vai tudo bem, parece que não tem e não vai ter problemas.
Permanecem anos trabalhando no Terreiro chamado por exemplo: "Casa Sete Flechas" ou "Casa de Ogum Beira Mar", afinal estes são os nomes dos guias que comandam estas casas. Um dia resolveram registrar em cartório e descobrem que já existe outro Templo com estes mesmos nomes, que existem muitos Centros com os mesmos nomes e que, legalmente, isso se torna um problema.
É LEI!!! NÃO PODE HAVER DOIS TEMPLOS REGISTRADOS COM O MESMO NOME!!!
E quando a A.U.E.E.S.P ou outra Federação informa que NÃO pode registrar com este nome as pessoas surtam, como se isso fosse da vontade dela.
Até quando vamos continuar agindo à revelia da Lei? Muitos funcionam sem estatuto, funcionam sem registro nenhum, funcionam sem nenhuma legalidade, muito menos alvará e quando procuram alguém para lhes ajudar a se legalizar não querem entender como funciona a Lei.
Bem no início da religião, era comum adotar nomes de Santos Católicos como: Tenda São Jorge, Casa Santa Rita, Terreiro Cosme e Damião e outros. Hoje prevalecem os nomes de Caboclos, Pretos-Velhos e Orixás. No entanto, existe na Umbanda a questões das falanges, em que milhares de médiuns trabalham com entidades que levam o mesmo nome como: Pena Branca, Pai José, Vovó Cabinda, Jurema e etc.
Logo, antes de adotar um nome para o seu Terreiro, é fundamental fazer uma pesquisa sobre este nome. É certo que seu Templo tem um dirigente espiritual único, mas o nome que ele carrega é o mesmo para milhares de espíritos de uma mesma falange.
Nos podemos ter entidades com os mesmos nomes, mas não podemos ter Terreiros com os mesmos nomes registrados em cartório. ISSO É LEI!!!
Um Templo é uma entidade jurídica e, para tanto, deve respeitar as Leis da sociedade OU CONTINUAR NA MARGINALIDADE!!!
Alguns casos de Terreiros homônimos vão parar na Justiça, pois ninguém quer abrir mão do nome que deu a seu Templo de Umbanda. Nome de Templo, portanto, é coisa séria, precisa ser pesquisado, consultado e registrado.
Ainda assim, nos faz lembrar a resposta do Caboclo que é o Pai da Umbanda, quando lhe perguntaram seu nome, ele respondeu: "Se é preciso que tenha um nome, então pode me chamar de Caboclo das Setes Encruzilhadas, porque não haverão caminhos fechados para mim". Com estas palavras, ele deixa claro que o nome não é o mais importante e que seu nome é apenas simbólico, não é um nome carregou em nenhuma encarnação.
Assim são os guias! Eles não se importam tanto com nomes e jamais brigariam por um nome. No entanto, nós, que ainda estamos aprendendo, vivemos brigando por muitas coisas.
Se tem dúvida pergunte a seu guia chefe qual pode ser o nome do Templo. Se for necessário explique que para registrar o nome é preciso ser um nome que ainda não foi registrado. Informe-se bem, pense e reflita antes de divulgar um nome que não poderá ser registrado ou entrar em uma ação judicial desnecessária.
Carinhosamente pode continuar chamando de Casa do Sr. Tupinambá, do Sr. Pena Roxa, do Sr. Sete Flecha... Mas legalmente deve registrar outros nomes, deve buscar outros nomes como: Templo da Água Sagrada de Iemanjá, Templo das Virtudes dos Orixás, Templo do Poder das Matas, Templo de Umbanda da Transmutação e Evolução do Ser, Templo de Umbanda do Amor de Caboclo e etc.
Pense legalizar é tempo de compreensão e não de discussão, se não o que é difícil fica mais difícil e complicado para todos!!!

terça-feira, 5 de agosto de 2014

O Que é Umbanda







Nesse documentário dirigentes umbandista falam de como surgiu a Umbanda Sagrada, quais seus principais fundamentos, o que é o Orixá na Umbanda, dogmas e etc... Excelente material para todas as pessoal que queiram conhecer a Umbanda Sagrada, e principalmente para os umbandista que procurem mais saber sobre nossa religião que é maravilhosa e rica em tudo que ela abrange.


segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Livro - Curso Essencial de Umbanda







Livro obrigatório em nossa prateleira, recomendo para as pessoas que querem ingressarem na vida umbandista. Abordando assuntos fundamentais como o que é Orixás, Entidades, velas, Pontos Cantados, etc.
Ademir Barbosa fala as diferenças de Umbanda e Candomblé, e as diversas ramificações que existem dentro da Umbanda Sagrada ex: umbanda esotérica, umbanda branca, umbanda vegetariana. Ótimo livro, que traz uma base sólida do que é a Umbanda, o qual o seu fundamento e de como a médium iniciante deve se comportar dentro de um Terreiro, ensinado a respeitar a hierarquia existente dentro da casa.
Trazendo um tabela das Entidades que atuam dentro da vibração do Orixá, o porque de determinados nomes que usamos na Umbanda.

Autor - Ademir Barbosa Júnior
Editora - Universo dos Livros